Resenha: Sem Vergonha – Julianna Costa – Editora Universo dos Livros

sem-vergonha-julianna-costa

Olha quem lembrou da senha do blog?! \o/

Tudo bem com vocês? Espero que sim!

 

Vou falar hoje sobre este livro que eu amei, amei, ameeei! Sem Vergonha da Julianna (Diva das Escritas) Costa, lançado pela Universo dos Livros.
Eu já o havia lido quando era uma fanfic e se chamava Proteção a Testemunha. Quando o site saiu do ar eu fiquei como uma louca procurando onde, cargas d’água, a história tinha ido parar. E para minha alegria (e das Julietes de plantão!) virou livro! \o/

Primeiramente já vou dizendo que sim. Este livro é New Adult ou Romance Erótico, como preferir chamar.

Segundamente, quero dizer que tenho AMOR INFINITO pela maneira como essa mulher escreve.

 

Tenho como certo de que este é um dos enredos que você nunca esperou em um New Adult.

Mina (que tem um cabelo ruivo dá hora e um corpão violão) Bault é uma garota virgem de 20 e poucos anos que mora em Paris. Não comecem a fantasiar coisas como “Ela deve sonhar com o príncipe encantado”, meus caros. Não! Ela quer perder a virgindade. Porém, não é tão fácil assim; para essa menina nada é tão simples. Tentou perder inúmeras vezes de inúmeros jeitos, mas não conseguiu. Suas crises de ansiedade sempre foram mais fortes que os prazeres carnais.

Cansada das tentativas frustradas da menina, Elize (sua best friend) marca com um garoto (deuso mor) de programa em um hotel, com direito a cesta da safadeza e tudo. Ryker Strome é “forte de um jeito que te faz imaginar o que está por baixo da roupa”, na definição de Mina, além de divertido, misterioso e que sabe o que faz.

Maaaassss não pense que nossa amiga foi para os finalmente e teve o que pagou para ter. Tantas confusões se passam no quarto do hotel devido sua ansiedade (e confusões) que Mina decide pagar pelo serviço (mesmo sem o cara ter conseguido fazê-lo) e sai como um foguete para fora do hotel.

Ryker, que nunca deixa nenhuma cliente desapontada, vai atrás da ansiedade em forma de gente tentando convencê-la a voltarem para o quarto. Mas, eis que os dois presenciam algo que era melhor não terem visto: O assassinato de um homem pela Máfia Russa. Mais precisamente executado pelo cara mais procurado do mundo: Yuri Kulik.

A partir daí, Mina e Ryker vivem uma aventura e tanto para sobreviver, sem que o hímen não rompido de nossa colega seja esquecido.

Um dos diálogos mais legais (tem muitos, mas resolvi selecionar apenas um para não dar muito spoiler), na minha opinião, é este:

“- Você respira do jeito errado. – Ele mal tirou os olhos do livro.
– Desculpa? – Resmunguei baixinho a fim de evitar que os dois jovens sentados nas cadeiras de frente para nós me ouvissem. – E tem um jeito certo de respirar?
– Você enche os pulmões para cima. Não dá certo assim.
– E o melhor jeito de respirar é sem encher os pulmões?
Ele baixou o livro.
– É uma figura de linguagem, espertinha. É claro que, fisiologicamente, você sempre enche os pulmões quando respira.
Fisiologicamente? – Se ele ia rir de mim, então eu também ia rir dele. – Estou surpresa. Não achei que homens como você conhecessem palavras com mais de quatro sílabas”

 

O que acho magnífico nas escritas da Ju é que não são histórias onde o sexo é depravado ou simplesmente jogado de qualquer forma. Tem toda uma circunstância, um cativamento (se a palavra não existe, eu inventei agora, kkkk) para que chegue até a cama. E faz todo sentido. Quem gosta do gênero detesta ler um livro que se pareça com alguns vídeos pornôs que estão por aí, no qual não se entende nada do contexto e a dupla já está estocando horrores em uma mesa ou em qualquer outro lugar.

Por isso recomendo demais este e outros livros da Ju.

Já fiz uma resenha de um livro dela há um tempo por aqui e vou fazer de outros. Me aguardem! 😉

 

Sem Vergonha está a venda em todas as livrarias, custando entre R$ 21,00 a R$ 39,00. Mas fique de olho na Amazon e em outros sites, pois sempre chovem promoções.

E se você gostar da história, fique feliz. Há uma continuação, chamada Sem Pudor.

Já vou ler a minha! *–*

Beijos e até a próxima! ❤

Frase do dia: “Você se surpreenderia em saber como a normalidade é pouco normal” (Ryker Strome – Sem Vergonha).

Anúncios
Categorias: Livros | Tags: , , , , , | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Resenha: Sem Vergonha – Julianna Costa – Editora Universo dos Livros

  1. Pingback: Resenha: Sem Pudor – Julianna Costa |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Clube do E-book

Obrigado pela Preferência. Nada de conversinhas ou besteiras, somente e-books.

Ler ebooks

A leitura em ecrã

Cadernos de Dança

Estudos e dicas sobre dança do ventre

Blog Mulherão

O manual de sobrevivência para mulheres acima do peso

Pigmento F

Beleza, Moda, Decor e muito mais!

Garota Blue Jeans

Beleza & Cia

Sapatilha de cristal

O mundo feminino em um clique.

Dave's blog

unique content from around the web

Vidicula

Coletânea das maiores bobagens da internet

Não se Atreva

Não se Atreva. Blog criado em 2011 com intuito de bater um papo com o leitor sobre diversos assuntos, tais como moda, beleza, viagem e lifestyle.

Palavras de Marceli

Palavras de Marceli

Favoritos

Os sites e links mais legais da web.

Blog do Paulinho

- Jornalismo com Credibilidade -

Céu de Jornal

Publicar um texto é um jeito educado de dizer "me empresta seu peito porque a dor não tá cabendo só no meu''.

AllucinaçãO

allucinacao@WordPress.com

The BR Espectador

O Espectador Brasileiro.

%d blogueiros gostam disto: